segunda-feira, 15 de Julho de 2013

A Horta do Monte ganhou asas e voou!

http://hortadomundo.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/HortaDoMundoCultivamosPessoas
hortadomundo@gmail.com

A Horta do Monte Projecto Comunitário ganhou asas, fechou um ciclo e voou para um novo projecto! Mantemos os mesmos princípios, os mesmos objectivos e a ligação entre as pessoas.
 
Horta do Mundo Cultivamos Pessoas
Mantemos os mesmos objectivos:
- Participação colectiva na produção de alimentos
- Educação para a sustentabilidade
- Estilos de vida saudáveis

Programação:
Dias Sem Horta

Quartas:
19h - 20h - Aula Aberta de Arte de Viver - Yoga, respiração e meditação
18h - 20h - Cozinha Comunitária - traz algo para partilhar e participa na confecção!
no Centro Arte de Viver - Av. Afonso Costa 20, 3 Dto. Areeiro (perto da Segurança Social)
https://www.facebook.com/AssociacaoArtedeViver

Sextas:
18h- Voluntariado na Horta Biológica do CNN
na Rua de São Bento 209, no Clube Nacional de Natação
http://hortabiologicacnn.blogspot.pt/


E ainda este mês:

17 de Julho - Oficina de Permacultura: "Crescer com a Horta"
na Comunidade Islâmica das Mercês
http://www.acitm.com/
28 de Julho - Workshop de Fogões Solares, na Horta Biológica do CNN
na Rua de São Bento 209, no Clube Nacional de Natação
http://hortabiologicacnn.blogspot.pt/

A Horta do Mundo Cultivamos Pessoas é um projecto de permacultura que promove estilos de vida saudáveis e sustentáveis. Com um espírito criativo e construtivo encontramos soluções que contribuem para uma sociedade mais humana e responsável ao nível social, cultural e ambiental.

Nosso novo blog, facebook e email:
http://hortadomundo.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/HortaDoMundoCultivamosPessoas
hortadomundo@gmail.com
Mais info: 912172157

terça-feira, 9 de Julho de 2013

Oficina de Fornos Solares

Oficina de Fornos Solares
Domingo 28 de Julho 
10h30 - 15h00

na Horta Biológica do CNN

O forno solar é uma estrutura simples cúbica que concentra a energia solar aproveitada para a preparação de alimentos.
O Sol é a fonte de energia menos dispendiosa e mais limpa que podemos usufruir. A oficina de execução destes fornos solares utilizará 50% de material reaproveitado. 
Com João Tomaz

Inclui almoço solar!
Traz ingredientes para confeccionarmos juntos uma refeição vegetariana, tacho de tamanho médio (de preferência de cor preta), facas, panos, talheres e o teu prato. 


Contribuição sugerida: 7€
na Rua de São Bento 209, no Clube Nacional de Natação, em Lisboa
https://www.facebook.com/HortaBiologicaDoCNN

Inscrições até dia 26 para:
hortadomundo@gmail.com

A Horta do Mundo, Cultivamos Pessoas é um projecto de permacultura que promove estilos de vida saudáveis e sustentáveis. Com um espírito criativo e construtivo encontramos soluções que contribuem para uma sociedade mais humana e responsável ao nível social, cultural e ambiental.

Nosso novo blog, facebook e email:
http://hortadomundo.blogspot.pt/

https://www.facebook.com/HortaDoMundoCultivamosPessoas
hortadomundo@gmail.com
 
Mais info: 918800855 ou 967242001

Dias Sem Horta: programação

A Horta do Monte Projecto Comunitário vai continuar a desenvolver actividades de acordo com os seus 3 objectivos específicos:
- Participação colectiva na produção de alimentos
- Educação para a sustentabilidade
- Estilos de vida saudáveis


Dias Sem Horta

Quartas:
19h - 20h - Aula Aberta de Arte de Viver - Yoga, respiração e meditação
18h - 20h - Cozinha Comunitária - traz algo para partilhar e participa na confecção!
no Centro Arte de Viver - Av. Afonso Costa 20, 3 Dto. Areeiro (perto da Segurança Social)
https://www.facebook.com/AssociacaoArtedeViver
21h - Reunião com o Grupo de Apoio à Horta do Monte
na Assembleia da Graça -  Laboratório R. da Graça, 16.
http://assembleiapopulardagraca.wordpress.com/

Sextas:
18h- Voluntariado na Horta Biológica do CNN
na Rua de São Bento no Clube Nacional de Natação
http://hortabiologicacnn.blogspot.pt/


E ainda este mês:
13 de Julho - Debate na Horta Comunitária do Barreiro
https://pt-pt.facebook.com/HortaComunitariaDoBarreiro

17 de Julho - Oficina de Permacultura: "Crescer com a Horta", na Comunidade Islâmica das Mercês
http://www.acitm.com/

27 de Julho - Workshop de Fogões Solares, na Horta Biológica do CNN.
na Rua de São Bento no Clube Nacional de Natação
http://hortabiologicacnn.blogspot.pt/

A Horta do Monte é um projecto comunitário que visa promover estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis nas cidades, através da prática de cultivo orgânico segundo os princípios da Permacultura, criar e fortalecer laços entre as pessoas das mais diversas faixas etárias, onde a partilha e a transmissão de conhecimentos aconteça.

quinta-feira, 4 de Julho de 2013

Exposição à Assembleia Municipal de Lisboa


Lisboa, 2 Julho de 2013

Exma. Sra. Presidente da Assembleia Municipal
Maria Simonetta Bianchi Aires de Carvalho Luz Afonso



Assunto: A destruição da Horta do Monte Projecto Comunitário

Somos um grupo de cidadãos socialmente activos e interessados que, nos últimos 6 anos, tem vindo a criar de forma voluntária, um projecto de responsabilidade social em benefício da comunidade.

A Horta do Monte é um projecto comunitário que tem vindo a desenvolver actividades regulares abertas ao público, promovendo estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis nas cidades.

http://hortadomonte.blogspot.pt

Com a participação da comunidade, transformou-se um terreno que antes estava desaproveitado num lugar de convívio, de partilha e de aprendizagem.

Através da prática de cultivo colectivo aberto ao público, segundo os princípios da Permacultura (Cuidar das Pessoas, Cuidar da Terra, Partilha Justa), criamos e fortalecemos laços entre pessoas das mais diversas faixas etárias e grupos sociais, onde a partilha e a transmissão de conhecimentos acontece.

Só nos últimos três anos, mais de trezentas pessoas participaram activamente na Horta do Monte (anexo 1).

Na sequência da candidatura apresentada em 15/03/2013, a Horta do Monte Projecto Comunitário foi o n.o 61 da lista de classificação final do Programa Bip/Zip - Lisboa 2013 - Parcerias Locais:

http://habitacao.cm-lisboa.pt/documentos/1369740040D9jOG5vz8Dk84NI8.pdf

Apesar de tudo isto ter sido exposto nas reuniões tidas com Rita Folgosa e Graça Ribeiro, do Grupo de Trabalho para a Promoção da Agricultura Urbana na Cidade de Lisboa, nos dias 7 e 14 de Maio, não houve processo participativo nem consideração pelo trabalho desenvolvido. A única proposta que nos fizeram - e que "não estava para discussão" - foi a transferência do projecto comunitário para um dos novos talhões de cultivo, sendo a zona ocupada pela Horta do Monte transformada num relvado. Isso implicaria a perda de mais de 60 espécies diferentes de árvores de fruto e arbustos perenes, plantados pela comunidade nos últimos 6 anos, tal como veio a acontecer (anexo 2).

É importante referir que, à data desta primeira reunião, já estava em curso a EMPREITADA. No. 11/12/DMAU/DAEP/DCEVGEP - CONSTRUÇÃO DO JARDIM DA CERCA DA GRAÇA - PROC. No. 32/CP/DEPS/N.D./2012 - D.R. No: 158 Série II de 2012-08-16.

Embora o terreno onde se situava a Horta do Monte esteja incluído nessa empreitada, nunca dela fomos informados, nem da respectiva consulta pública.

Criámos uma petição pela preservação da Horta do Monte Projecto Comunitário que, neste momento, conta com mais de 1600 signatários, 200 dos quais em papel:

http://www.peticaopublica.com/viewsignatures.aspx?pi=P2013N39744

Sempre acreditámos que a Horta do Monte poderia prevalecer nessa mesma zona pelas suas mais valias ao nível ambiental, social e pedagógico, não havendo necessidade de ser destruída, pois era um espaço vivo e um exemplo de participação activa.

A 27 de Maio, no seguimento dessas duas reuniões, enviámos um email onde nos mostramos interessados em ser integrados no projecto proposto pela CML para o Parque Hortícola da Graça e solicitando uma nova reunião para o efeito (anexo 3). Não obtivemos resposta.

No mesmo dia 27 de Maio entregámos uma exposição ao Presidente da CML, Dr. António Costa (anexo 4). Também sem resposta.

No dia 19 de Junho, em resposta à nossa Carta Aberta (anexo 5), foi finalmente fixada pela CML a data para a reunião que iria dar início ao processo de integração. Por ter sido marcada de um dia para outro não vimos atempadamente o email e pedimos nova marcação com mais antecedência (anexo 6).

Este possível inicio de negociação foi tragicamente interrompido com a entrada de máquinas industriais no terreno e a total destruição de tudo o que tinha sido construído pela comunidade.

O Grupo de Trabalho para a Promoção da Agricultura Urbana na Cidade de Lisboa, do Gabinete do Vereador José Sá Fernandes, não demonstrou a sensibilidade necessária em relação às suas características, de forma a preservar a sua identidade, que a distingue das hortas urbanas tradicionais.

No dia 25 de Junho, pelas 6 horas, o terreno onde se encontrava a Horta do Monte foi ocupado à força pela Polícia Municipal, com um despacho assinado pelo Vereador Sá Fernandes mas sem uma notificação formal, e todas as árvores e arbustos que tinham sido plantados ao longo dos anos pela comunidade foram arrancadas.

Houve violência por parte da Polícia Municipal contra pessoas que estavam simplesmente na via pública a fotografar. Os agentes da Polícia Municipal não estavam identificados. Ligámos para o 112 e só depois da chegada da PSP é que os agentes da Polícia Municipal se identificaram.

Nesse mesmo dia 25 de Junho, algumas pessoas do grupo da Horta do Monte estiveram presentes na Assembleia Municipal para dar conhecimento da triste
intervenção de que foi responsável o Vereador Sá Fernandes.

Vimos agora apresentar esta carta e alguma documentação para que a Assembleia possa debruçar-se sobre este assunto com um olhar mais atento e agir de acordo com a sua consciência cívica.

No âmbito do Programa Bip/Zip - Lisboa 2013 - Parcerias Locais houve o compromisso de, na ausência de uma autorização para a continuidade do projecto no terreno, aceitarmos sair caso houvesse uma notificação válida (anexo 7).

Apenas fomos informados de uma suposta notificação por email, assinado por Rita Folgosa, do Grupo de Trabalho para a Promoção da Agricultura Urbana na Cidade de Lisboa (anexo 8).

No dia 31 de Maio foi afixada no terreno essa mesma informação, no entanto nem sequer estava assinada (anexo 9).

Por essa razão pedimos, por carta registada e ao abrigo do direito ao acesso à informação, esclarecimentos ao Presidente da CML, Dr António Costa. A resposta foi-nos enviada depois da destruição da Horta pelo Gabinete do Vereador Sá Fernandes, como se pode confirmar pelo selo de correio. Nessa resposta informam-nos que o terreno está classificado como "Prédios Municipais" (anexo 10).

Talvez isso explique a ausência de negociação e a urgência em retirar todas as árvores.

Perguntamos se, afinal, o programa de hortas da CML serve o interesse da comunidade, não sendo uma casualidade o facto de, nas condições do Parque Hortícola, não ser permitido plantar árvores e ser obrigatória a assinatura de um acordo de precariedade (anexo 11).

Perguntamos também se, estando o terreno classificado como "Prédios Municipais", o Grupo de Trabalho para a Promoção da Agricultura Urbana na Cidade de Lisboa, do Gabinete do Vereador José Sá Fernandes, tinha competências para nos notificar.

Perguntamos, ainda, por que razão o Vereador Sá Fernandes, numa reunião convocada por si em 2007, consentiu que aí se desenvolvesse uma horta urbana.

Além de destruírem toda a biodiversidade numa altura do ano em que são desaconselháveis as transplantações, também destruíram todas as estruturas, construídas através de oficinas abertas ao público, no âmbito da permacultura, bioconstrução e sustentabilidade, entre as quais:

- Bancos criados com material reutilizado, alguns deles construídos pelos alunos da Universidade Lusófona, utilizando técnicas de bioconstrução.
- Esculturas realizadas durante as Jornadas Artísticas.
- Fogão Foguete.
- Sistema de captação e filtragem de água da chuva para rega.
- Depósitos de água provisórios.
- Espiral de aromáticas (zona pedagógica em forma de espiral com uma grande variedade de plantas aromáticas e medicinais).
- Charco com plantas aquáticas (zona que cria um micro ecosistema que potencia a biodiversidade).
- Abrigo para guardar ferramentas construído por um reconhecido especialista em construção sustentável.
- Mais de setenta potes de barro enterrados que constituíam o sistema de rega económico.
- As Camas de Cultivo Elevado e respectivas culturas (girassol, feijão, abóbora, beterraba, melancia, meloa, morango, courgette, milho, cebolas, entre outras)
- Pintura Mural


Também perdemos muito material de apoio às actividades, do qual destacamos:

- Tapetes e colchões de Yoga.
- Ferramentas e material de cultivo e construção (algumas ferramentas conseguimos recuperar).
- Todas as mangueiras.
- A Caixa das Sementes.


(anexo 12 - fotos)

Perderam as pessoas que colocaram a sua energia na construção de um projecto em benefício da comunidade, mas também perdeu a cidade de Lisboa um projecto de participação e interesse público com reconhecimento internacional.

Tim Jackson, na conferência(*) tida a 24 de Junho no Maria Matos Teatro Municipal, apresentou uma fotografia da Horta do Monte a exemplificar esta afirmação:

"Isto é um sinal que a transição já está a acontecer em Lisboa."

(*) Ciclo de Conferências Transição, promovidas pela EGEAC e a pela FCCN e apoiadas pelo Programa Cultura da União Europeia e pelo British Council.

http://www.teatromariamatos.pt/pt/prog/teatro/2012-2013/intransition

Agradecemos a sua atenção,
Os nossos melhores cumprimentos,


Pela Horta do Monte Projecto Comunitário,
Inês Gonçalves da Silva
(BI 10340168)
hortadomonte@gmail.com

http://hortadomonte.blogspot.pt 

Anexos:

https://www.dropbox.com/s/b0b0m5sqrmmfzc9/Assembleia%20Municipal.zip


terça-feira, 2 de Julho de 2013

Dias Sem Horta

 A Horta do Monte Projecto Comunitário vai continuar a desenvolver actividades de acordo com seus 3 objectivos específicos:
- Participação colectiva na produção de alimentos
- Educação para a sustentabilidade
- Estilos de vida saudáveis
Dias Sem Horta
Quartas:
19h - 20h - Aula Aberta de Arte de Viver - Yoga, respiração e meditação
20h - 21h - Cozinha Comunitária - traz algo para partilhar e participa na confecção!
no Centro Arte de Viver - Av. Afonso Costa 20, 3 Dto. Areeiro (perto da Segurança Social)
https://www.facebook.com/AssociacaoArtedeViver
Sextas:
18h- Voluntariado na Horta Comunitária de São Bento
na Rua de São Bento no Clube Nacional de Natação
http://hortabiologicacnn.blogspot.pt/


E ainda este mês:
13 de Julho - Debate na Horta Comunitária do Barreiro
https://pt-pt.facebook.com/HortaComunitariaDoBarreiro

17 de Julho - Oficina de Permacultura: "Crescer com a Horta", na Comunidade Islâmica das Mercês
http://www.acitm.com/

A Horta do Monte é um projecto comunitário que visa promover estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis nas cidades, através da prática de cultivo orgânico segundo os princípios da Permacultura, criar e fortalecer laços entre as pessoas das mais diversas faixas etárias, onde a partilha e a transmissão de conhecimentos aconteça.

sábado, 29 de Junho de 2013

Video: A Terra nossa de cada dia



A Terra nossa de cada dia

Documentário sobre a destruição da horta. Reparem na quantidade de árvores que foram retiradas.

Levantamento de Plantas Perenes - 2013